Mulher condenada por espancar filha de 1 ano é presa 10 anos após o crime, em Teresina

  • 10/07/2024
(Foto: Reprodução)
Mãe foi denunciada à Polícia pelo ex-marido, que percebeu o olho roxo e os braços e pernas inchados da caçula. À época, o Conselho Tutelar afirmou que os machucados comprometeram a locomoção do bebê. Ela foi afastada do convívio das filhas e condenada por maus-tratos. Mulher condenada por espancar filha de 1 ano é presa 10 anos após o crime, em Teresina Arquivo Uma mulher chamada Maria dos Milagres Sousa da Conceição, de 35 anos, foi presa na manhã desta quarta-feira (10), no bairro Cidade Jardim, Zona Leste de Teresina. Segundo a Polícia Civil do Piauí (PCPI), ela foi condenada a 5 anos e 4 meses de prisão por espancar a própria filha, à época com 1 ano e 3 meses, em 2013. ✅ Siga o canal do g1 Piauí no WhatsApp A mãe foi denunciada à Polícia pelo ex-marido, que chegou à casa da ex-esposa para buscar as duas filhas e percebeu o olho roxo e os braços e pernas inchadas da caçula. Ele levou o bebê para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), em Teresina, e registrou um boletim de ocorrência contra Maria dos Milagres, que foi afastada do convívio das crianças. Compartilhe esta notícia no WhatsApp Compartilhe esta notícia no Telegram Mulher é acusada de espancar diversas vezes e causar sérias fraturas na própria filha Em seguida, a menina foi encaminhada ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT), que constatou vários hematomas em seu corpo, além de fraturas antigas. De acordo com o conselheiro tutelar Bento Alves, que acompanhou o caso na época, os traumas mais graves chegaram a comprometer a locomoção do bebê. A equipe médica do HUT recomendou que ela fizesse até cinco procedimentos cirúrgicos, mas descartou a ideia devido à pouca idade da vítima. "Ao se deparar com a situação os próprios médicos ligaram para a Polícia pedindo que a mãe, responsável por isso, fosse presa. Eles afirmaram que, através da primeira análise, era provável que as agressões tivessem começado desde os seis meses de vida do bebê”, relatou Bento. O conselheiro tutelar explicou ainda que Maria dos Milagres era reincidente. Em agosto de 2013, dois meses antes de ser afastada das filhas, o Conselho Tutelar já havia recebido denúncia de maus-tratos, mas a mulher rebateu as acusações e foi notificada. Um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi lavrado à época. “Na primeira vez, os exames do Instituto Médico Legal comprovaram as agressões tanto na bebê como em sua irmã de quatro anos. A suspeita atribuiu as mesmas a uma tia das crianças. [...] O que ficou comprovado foi que ela não cumpriu nenhuma das recomendações e que as agressões continuaram”, disse. Prisão por roubo de carro A Polícia Civil prendeu Jackson de Morais Lima, de 27 anos, no Parque Wall Ferraz, região da Santa Maria da Codipi, Zona Norte de Teresina. Polícia CIvil Ainda na manhã desta quarta, a Polícia Civil prendeu Jackson de Morais Lima, de 27 anos, no Parque Wall Ferraz, região da Santa Maria da Codipi, Zona Norte de Teresina. Conforme o delegado Tales Gomes, da Diretoria de Operações Policiais (Deop) da PCPI, ele foi condenado a 5 anos e 4 meses de prisão por roubar um carro, ao lado de outro criminoso, no estacionamento de uma padaria da Zona Norte. Os presos foram conduzidos ao sistema prisional do Piauí, onde devem cumprir suas penas em regime semiaberto. 📲 Confira as últimas notícias do g1 Piauí 📲 Acompanhe o g1 Piauí no Facebook, no Instagram e no X VÍDEOS: Assista às notícias mais vistas da Rede Clube P

FONTE: https://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2024/07/10/mulher-condenada-por-espancar-filha-de-1-ano-e-presa-10-anos-apos-o-crime-em-teresina.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Programas ao vivo Destaque Musical aos sábados das 13:00 às 15:00 e nos Domingos Conexão Geral das 14:00 as 15:00 comunicação Fernando Rodrigues

Top 5

top1
1. Raridade

Anderson Freire

top2
2. Advogado Fiel

Bruna Karla

top3
3. Casa do pai

Aline Barros

top4
4. Acalma o meu coração

Anderson Freire

top5
5. Ressuscita-me

Aline Barros

Anunciantes